fbpx
Quinta, 14 Janeiro 2021 00:00

O que é DIP?

Escrito por Equipe de Gestão de Mídias Sociais - Pegasus Web Sulution
Avalie este item
(0 votos)

DIP é uma infecção que geralmente ocorre no útero, trompas de falópio ou ovários.

A DIP é uma doença silenciosa não dando sinais nem sintomas de sua presença, geralmente só se sabe dela quando se tem problemas para engravidar ou começam a surgir dores pélvica.

Sintomas da doença inflamatória pélvica:

• Dor no baixo ventre e na pelve;
• Corrimento vaginal pesado com odor desagradável;
• Sangramento uterino anormal, especialmente durante ou após a relação sexual, ou entre ciclos menstruais;
• Dor ou sangramento durante a relação sexual;
• Febre, às vezes com calafrios;
• Dores ou dificuldade ao urinar.

O que pode causar a DIP

Muitos tipos de bactérias podem causar DIP, mas as infecções por gonorreia ou clamídia são as mais comuns. Essas bactérias geralmente são adquiridas durante o sexo desprotegido.

Menos comumente, as bactérias podem entrar no trato reprodutivo sempre que a barreira normal criada pelo colo do útero sofrer irritação. Isso pode acontecer após o parto, aborto ou aborto espontâneo.

Formas de Tratamento

O tratamento para doença inflamatória pélvica pode ser feito com o uso de antibióticos por via oral ou por via intramuscular por cerca de 14 dias. Além disso, é importante o repouso, não haver contato íntimo durante o tratamento, nem mesmo com camisinha para dar tempo para os tecidos cicatrizarem, e a retirada do DIU, se for o caso.
Durante o tratamento é recomendado que o parceiro sexual também seja tratado mesmo que não tenha sintomas para evitar a recontaminação e a cirurgia pode ser necessária para tratar a inflamação das tubas uterinas ou para drenagem de abscessos.

A infertilidade e a gravidez ectópica, em que o feto cresce fora do útero, são as possíveis complicações em algumas mulheres que apresentam a Doença Inflamatória Pélvica crônica.

Para tratar deste ou qualquer outro problema de saúde íntima feminina, marque uma consulta através dos telefones e/ou WhatsApp descrito no nosso site.

Ler 919 vezes

Matérias/Artigos